top of page

Pousando no amor | série coreana tem história baseada em conflito real

A série aclamada pelo público, tem enredo baseado no conflito entre Coreia do Norte e Coreia do Sul.


(Internet)


Embora pareça apenas mais uma história de amor impossível, Pousando no amor, tem um enredo muito mais denso que o romance entre um oficial norte coreano e uma herdeira sul coreana, que por acidente, acaba cruzando as fronteiras dos países.


Durante a trama, conhecemos vários personagens e seu cotidiano e através disso conseguimos ter uma noção, ainda que com toda a licença poética, de como é viver na Coreia do Norte.


A diferença entre os dois países é algo muito frisado durante a história. Enquanto Seul, capital da Coreia do Sul, é atualizada e tecnológica;

Pyongyang, capital da Coreia do Norte, é antiquada ao extremo. A licença poética do cinema pode criar ou omitir algo, mas notícias veiculadas recentemente, me fizeram perceber que muito do enredo é real.


Por exemplo, em uma matéria da CNN Brasil, veiculada à 4 dias, o título diz o seguinte " Coreia do Norte condena adolescentes a 12 anos de trabalho forçado por assistir a K-pop, segundo vídeo" . Em Pousando no amor, um dos personagens da trama, é conhecido por assistir doramas sul coreanos escondido de seus superiores, na série, tudo é tratado com humor e sem nenhuma maldade, mas aparentemente, é algo muito sério por lá!


(Internet)


A série mostra muito sobre a tensão de ter uma sul coreana em terras inimigas, e vice-versa quando os oficiais estão na Coreia do Sul. Eles vivem com medo de serem pegos e vivem como se fossem fugitivos. Ou seja, o conflito entre eles é muito sério e me fez questionar: como tudo isso começou?


Qual o conflito entre as Coreias?


Segundo fontes históricas, as causas da Guerra da Coreia foram:


  • A invasão do sul promovida pelas tropas do norte em junho de 1950.


Como a Coreia é um país asiático, sua proximidade com a China (que passou por um processo de revolução comunista em 1949) e com a URSS lhe garantiu forte influência e pressão para adoção do regime comunista. Além disso, o Japão, derrotado na Segunda Guerra, estava sob ocupação dos EUA e, portanto, sob influência capitalista. Assim, as tensões entre os dois blocos antagônicos cresceram na Ásia, o que intensificou as rivalidades internas na Coreia.


Nesse contexto, a Coreia, recém-desocupada pelo Japão, passava por um processo de reconstrução interna e, na Conferência de Potsdam (julho a agosto de 1945), foi dividida em duas pelos países Aliados, sem qualquer consulta prévia ou posterior ao povo coreano. As reações internas foram muitas e diversas entre 1945 e 1949: greves, protestos, levantes populares.

Em linhas gerais, URSS e EUA, em um acordo, constituíram a Comissão Americano-Soviética para governar as Coreias até 1950.


A ideia era impor à população do norte o modelo comunista e à do sul o modelo capitalista, até que, cinco anos depois da ocupação, elas pudessem decidir sob qual modelo reunificar o país. A reação a essa estratégia foi tensa e marcada por muitas revoltas.


Em 1948, a ONU tentou organizar eleições livres para a unificação da Coreia, o que foi veementemente negado e combatido pela URSS. Assim, sul e norte realizaram, cada um, sua própria eleição, resultando na escolha de governos diferentes e antagônicos. A escalada das tensões entre os governos levou à invasão do norte sobre o sul em 1950, iniciando a guerra.


Com isso, afirmo que, doramas não são apenas histórias de amor, as produções possuem embasamento e roteiro muito bem elaborados, e é por isso que Pousando no amor é uma das melhores séries coreanas da atualidade!

9 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page