top of page

Doctor slump: série coreana fala sobre depressão e transtorno de estresse pós traumático

A produção da JTBC drama estreiou no dia 27 de janeiro na Coreia do Sul.


(Divulgação)


Atualmente, muitas séries abordam temas como: ansiedade, depressão, síndrome do pânico e outros transtornos mentais que se tornaram cada vez mais comuns na nossa sociedade.


Em "Doctor Slump" (médicos em colapso), conhecemos a história de dois médicos que se conhecem - e se odeiam- desde a escola e estão frustrados com suas carreiras.

Yeo Jeong-woo, personagem de Park Hyung-Sik, é um cirurgião plástico muito famoso que tem sua vida virada de cabeça para baixo quando acaba perdendo uma paciente na mesa de cirurgia, agora ele precisa provar sua inocência, mas não será nada fácil já que tudo o faz parecer culpado e negligente. Por conta desse episódio, ele acaba desenvolvendo Transtorno de estresse pós traumático, apresentando vários sintomas durante a trama, como insônia, alucinações, agitação e ataques de pânico.


(Divulgação)


Mas quais são os sintomas do TEPT?


No humor: ataque de pânico, culpa, descontentamento geral, desesperança, nervosismo, perda de interesse, perda de interesse ou prazer nas atividades, raiva, solidão ou sofrimento emocional


No comportamento: agitação, agressão, automutilação, comportamento autodestrutivo, gritos, hipervigilância, hostilidade, irritabilidade ou isolamento social


Sintomas psicológicos: alucinação, ansiedade severa, depressão, flashback, medo ou desconfiança


No sono: insônia, pesadelos, privação de sono ou terror noturno


No corpo: estresse agudo ou perda de consciência


Na cognição: pensamentos indesejados ou pensamentos suicidas


Também é comum: desapego emocional, dor de cabeça ou falta de resposta emocional


Segundo especialistas, O TEPT afeta aproximadamente 9% das pessoas em algum momento da vida, incluindo a infância (consulte Transtorno de estresse pós-traumático em crianças e adolescentes. leia mais ). Aproximadamente 4% das pessoas têm esse transtorno anualmente.


(Divulgação)


A trama também conta a história de Nam Ha-Neul, interpretada pela atriz Park Shin-Hye, que é médica anestesista que descobre ter depressão depois de quase sofrer um acidente e não se importar com o fato de que ela poderia ter morrido. No início do drama, ela não aceita o diagnostico, porém, depois de de desentender com seu superior, ela deixa seu emprego no hospital e decide cuidar de sua saúde mental.


Quando ela conta a sua mãe sobre sua condição e sua decisão, a matriarca se nega a aceitar que a filha está doente e é ai que descobrimos o gatilho da protagonista.

Ha- Neul sempre foi considerada perfeita, sempre tirou boas notas e semore foi considerada inteligente por todos. Expectativas foram criadas em cima de quem ela deveria ser, falhas pareciam não ser admitidas e por isso se dedicou tanto em sua carreira e nunca descansou, sempre pensado que quando alcançasse um cargo melhor poderia descansar, sempre pensando que não tinha chegado lá, mesmo sem saber onde deveria chegar.


Além do sentimento de culpa, a protagonista também demonstrou sintomas de desesperança e mudanças de humor, presentes no diagnóstico de depressão.


Sintomas de depressão:


No humor: ansiedade, apatia, culpa, descontentamento geral, desesperança, mudanças de humor, perda de interesse, perda de interesse ou prazer nas atividades, solidão, tristeza, tédio ou sofrimento emocional


No comportamento: agitação, automutilação, choro excessivo, irritabilidade ou isolamento social


No sono: despertar precoce, excesso de sonolência, insônia ou sono agitado


No corpo: fadiga, fome excessiva ou inquietação


Na cognição: falta de concentração, lentidão durante atividades ou pensamentos suicidas


No peso: ganho de peso ou perda de peso


Também é comum: depressão, abuso de substâncias, falta de apetite ou repetição incessante de pensamentos


Segundo especialistas, a depressão é um transtorno mental frequente. Em todo o mundo, estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofram com esse transtorno.


(Divulgação)


O dorama mostra também a importância de se ter alguém com quem contar em momentos conturbados em nossas vidas. É claro que a série é uma comédia romântica, mas a forma como os protagonistas se ajudam com suas questões mentais e também profissionais, é muito linda. Afinal, sabemos o quanto as pessoas sofrem caladas quando descobrem seus diagnósticos, muitas vezes devido ao pensamento de pessoas próximas de que depressão e ansiedade são frescura, quando sabemos que não é.


Embora a série tenha toda a licença poética do cinema, é muito interessante acompanhar a evolução do tratamento dos dois, assim como a mudança no pensamento das pessoas próximas a eles.


A química de Park Hyung- Sik e Park Shin-Hye é excepcional e trás veracidade aos personagens e suas questões.


A série chega a Netflix dia 25 de fevereiro.

..........


Depressão não é frescura, procure ajuda e saiba que não está sozinho!

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


Post: Blog2_Post
bottom of page